Digital clock

sexta-feira, 26 de abril de 2013

Diabetes Mitos e Fatos

Hello Catitas...

   Hoje eu venho reproduzir o material de um panfleto que eu peguei lá no HFA, é sobre o que é mito e o que é fato no diabetes..

1-  MITO: O diabetes pode ser provocado por razões emocionais, sendo conhecido como diabetes emocional.
      FATO: Errado. O que podemos observar em determinadas situações é um aumento dos níveis glicêmicos (açúcar no sangue), em reposta ao estresse emocional, em indivíduos já diabéticos ou propensos à doença. Nesta situação, são liberados alguns hormônios que têm a capacidade de elevar a glicose. Mas, é importante lembrar que: ou você tem, ou não tem diabetes.

2-  MITO: O estresse afeta o controle da glicose no sangue.
     FATO: Certo. Primeiro, porque o estresse de uma forma geral, libera hormônios que aumentam a glicose. Segundo, porque muitas vezes reagimos ao estrese comendo e bebendo mais ou nos exercitando menos.

3-  MITO: O diabetes pode causar mudanças no comportamento.
     FATO: Certo. A autoestima ou o equilíbrio das emoções podem ser afetados pela presença da doença, que muitas vezes causa surpresas inesperadas ao portador. Por isso, apoio familiar e médico é importante para dar segurança ao paciente.

4-  MITO: A depressão é mais comum em diabetes.
     FATO: Certo. Todos oscilamos entre períodos bons ou ruins, mas no diabético há maior chance de depressão. É importante lembrar que o apoio psicológico pode ser uma forma de se evitar a doença.

5-  MITO: A insulina vicia?
     FATO: A insulina é um elemento vital o organismo e, portanto, todos nós somos naturalmente dependentes da insulina para estarmos vivos e saudáveis durante toda a vida. Pessoas com diabetes apresentam uma combinação de deficiências de produção de insulina e dificuldade de ação desse hormônio no organismo. Com o passar dos anos, o uso de medicações orais torna-se insuficiente para vencer esses problemas e a necessidade do uso de insulina se impõe para a obtenção de um bom controle, não só da glicemia, mas também para que possamos prevenir as complicações decorrentes da doença.

6-  MITO: Ouvi dizer que as injeções de insulina são difíceis e doloridas.
     FATO: Errado. Ao longo dos anos houve uma grande evolução quanto à purificação e concentração de insulina, tornado sua aplicação simples e fácil. Além disso, a sensação de dor é bastante aliviada com finíssimas agulhas próprias para injeção de insulina, existindo até canetas que facilitam muito este procedimento. Algumas dicas importantes para evitar dor e irritação do local são: retirar a insulina da geladeira, de 10 a 20 minutos antes da aplicação e evitar a reutilização da agulha, pois a ponta poderá ficar romba, causando dor na hora da aplicação.

7-  MITO: Frutos do mar podem ajudar no tratamento do diabetes.
     FATO: Errado. De fato, não existe nenhum nenhum trabalho científico que comprove isto. Na verdade, alimentos como frutos do mar e peixes, são ricos em algumas substâncias como ácidos graxos e ômega 3, que ajudam no controle do colesterol e, na maioria dos casos são alimentos menos calóricos, proporcionando uma dieta mais equilibrada para o paciente diabético.

8-  MITO: Acupuntura pode ajudar no tratamento da diabetes.
     FATO: No Brasil, a técnica milenar vem ganhando a cada dia mais adeptos. Para os pacientes diabéticos , a acupuntura pode ser útil ajudando em algumas situações, como o alívio de dores e abandono do cigarro. De forma alguma, ela não substitui nenhum tratamento com medicamentos.

9-  MITO: A ingestão diária de café pode reduzir as chances de desenvolver o diabetes.
     FATO: Alguns estudos demonstram que o uso diário de café pode diminuir as chaces de desenvolvimento do diabetes tipo 2. Mas, novos estudos científicos devem ser desenvolvidos para realmente comprovar o tal fato. Pacientes com fatores de risco para o diabetes devem permanecer com os cuidados gerais, como perda de peso e prática regular de atividade física.

10- MITO: A canela ajuda no controle do diabetes.
      FATO: Existem estudos que verificam a ação da canela no diabetes, mas ainda não podemos concluir o uso dela para tratamento. Nunca deixe de tomar seus medicamentos, fazer dietas e exercícios físicos.

11- MITO: O uso de adoçantes artificiais pode causar câncer.
      FATO: Errado. Os adoçantes artificiais vêm sendo usados regularmente, por milhões de pessoas, e Há mais de cem anos. Depois de tanto tempo, não existem evidências científicas de maior incidência de câncer em quem usa adoçantes artificiais. As pesquisas que levaram à resolução desta dúvida, utilizaram doses 500 vezes maiores que a recomendável diariamente, sem maiores consequências. A segurança da utilização dos adoçantes é garantida pela Sociedade Brasileira de Diabetes (SBD).

12- MITO: É vergonhoso ser diabético e esta imagem pode afetar a vida pessoal e profissional das pessoas.
      FATO: Errado. Esta atitude não tem o menos fundamento. O diabetes não torna ninguém incapaz. Os tratamentos atuais são discretos, eficazes, cômodos, permitindo ao portador do diabetes levar uma vida saudável, duradoura, integrada à sociedade e com rendimento pessoal e profissional nos mesmos níveis de não portadores de diabetes.

13- MITO: Os diabéticos podem frequentar sauna normalmente.
      FATO: Errado. Não é recomendável a utilização de sauna por pacientes diabéticos, sem cuidados muito especiais. O choque térmico e a exposição a altas temperaturas podem agravar naturais complicações de vascularização (correta irrigação sanguínea em todas as partes do corpo), cicatrização de feridas e perda de água e sais minerais do corpo.

14- MITO: O tratamento com insulina sai muito caro.
      FATO: Errado. O governo federal possui um programa de acesso a medicamentos, no qual os remédios para o tratamento do diabetes, inclusive a insulina, saem a CUSTO ZERO para o paciente, disponíveis em mais de 15 mil farmácias credenciadas em todo país.

15- MITO: O tratamento do diabetes é por tempo determinado e pode levar à cura definitiva.
      FATO: Errado. O diabetes é uma doença crônica e seu tratamento é permanente, ou seja, são cuidados que devem ser tomados por toda a vida. O tratamento com medicamentos ou mudanças de hábitos de vida, em especial a alimentação e prática regular de atividade física, deve ser sempre adotado e orientado pelo médico, como cuidados definitivos a serem incluídos na vida do portador do diabetes.

Referências: Dr. Ribeiro dos Santos
Endocrinologista - CRM: RJ 52-20285-0

Por hora é só!
Bejinhus meus...



Facebook & MSN: angelicaapimenta@hotmail.com
Twitter: @angelicagastro

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Comentem Catitas! Adoro saber o que vocês estão achando das postagens! Um beijo!