Digital clock

quinta-feira, 18 de abril de 2013

Primeira sessão da terapia em grupo!

Hello Catitas...




Eu levei minha máquina para tirar fotos do grupo, pensando em postá-las aqui no blog, mas meu marido esqueceu a  mesma dentro táxi que nos levou até o hospital!rs. Por isso, até eu ter fotos oficiais do grupo, teremos que usar esse desenho aqui!rs.


   Ontem fui a minha primeira sessão de terapia em grupo da bariátrica! Eu gostei bastante e acho que será bem válido esse tipo de terapia! O grupo é formado por 18 pessoas e duas psicólogas especializadas em terapia comportamental. O intuito é avaliar se estamos MESMO aptos para a mudança de vida que a cirurgia (para quem optar por fazer) significará em nossas vidas!

   A novidade é que no hospital que eu talvez faça a cirurgia, eles levam a bariátrica muito a sério e não saem dando laudos a torto e a direito, nem saem operando todo mundo só porque estão obesos ou com comorbidades não! Lá eles só te liberam e só te mandam para a cirurgia quando tiverem certeza que você está realmente apto para se adaptar a nova vida! E para isso você tem que passar por todas as fases da avaliação multidisciplinar (cirurgião, endócrino, psicólogos, nutricionistas entre outras clínicas) para poder operar!
    Uma das principais clínicas que é bem relevante e primordial para que um paciente seja liberado para a cirurgia (pelo menos no HFA) é a psicologia! Lá você pode estar com todos os laudos das outras clínicas, te liberando para a cirurgia, mas se a psicologia não te liberar, nada FEITO! E, fui informada que terei 25 semanas (podendo se estender por mais tempo, de acordo com as necessidades do paciente) pela frente, até receber o laudo da psicologia me liberando! Pode acontecer de um paciente receber o laudo antes, mas também pode acontecer de um paciente ficar mais de um ano na terapia sem receber esse laudo! Sim, eu vi dois casos desses ontem, duas pacientes que já passaram por vários grupos (são criados vários novos grupos a cada 25 semanas) e estão lá, uma há mais de dois anos e a outra há um ano e mesmo com as comorbidades, não conseguiram receber o laudo!

    Não sou especialista, mas pelo o que eu entendi, o quesito principal para a liberação da psicologia é o fator comportamental, eles querem ter certeza de que você estará pronto para mudar totalmente de vida e para sempre (e isso se inicia desde já! Pois se você não conseguir mudar seus hábitos antes da cirurgia, o que te garante que depois da cirurgia conseguirá?!)!
    Sei que em muitos hospitais (na maioria deles) eles dão laudos na segunda consulta como se quisessem te dizer assim "vá e vença" (resumindo: foda-se, se vira, não estou nem aí pra você!), mas não te dão a assistência necessária e nem de longe te dão o suporte psicológico que você precisará para enfrentar as mudanças radicais que acontecerão em sua vida! Isso é tão verdade, que no último estudo que fizeram sobre a cirurgia bariátrica, chegaram ao auto índice de 73%, acreditem, de pessoas que voltaram a engordar depois de dois anos de cirurgia! Eu nem fazia ideia de que o número era tão alto, e quando as médicas nos deram essa informação, eu realmente me senti aliviada e abençoada por ter ido parar em um hospital em que eles REALMENTE se importam com o que está acontecendo comigo e com o que acontecerá comigo depois da cirurgia (caso eu venha a fazê-la)! Saber que eles querem ter a a absoluta certeza de que eu vou MESMO mudar meus hábitos e levar isso para o resto da minha vida, me fez me sentir acolhida e segura, sabendo que eu só serei liberada, quando eu estiver REALMENTE pronta!

   Antes dessa sessão de terapia, eu queria mais era que eu fosse liberada o quanto antes para a cirurgia, pois quero logo ver os resultados.. mas parando para me auto-avaliar, na minha RA e nas minhas AF, eu realmente não me sinto pronta! Vejo que ainda tenho que melhorar muito nas minhas mudanças de hábito e que vira e mexe eu me pego usando a desculpa "depois que eu operar eu faço isso, ou paro de fazer aquilo", quando na realidade isso é auto-sabotagem e o velho comportamento de obeso que ainda está em mim e que a cirurgia não vai tirar, pois ele está na minha cabeça, não no meu estômago!
   Uma das coisas que fez com que minha ficha caísse e que eu não ficasse mais tão ansiosa querendo, logo a liberação a pra operar e ponto, foi uma pergunta que as doutoras nos fizeram "vocês querem emagrecer ou querem ser operados?"! Porra eu quero EMAGRECER, e não só ser operada! Quero emagrecer e me manter magra e saudável para o resto da vida e não só por alguns anos, voltando a engordar tudo de novo mais tarde! E foi aí que eu vi que eu estava no lugar certo, fazendo a coisa certa! E que ali, naquele grupo, com a ajuda daquelas profissionais, eu conseguiria as mudanças de hábitos necessárias para poder me tornar por fora, a pessoa que eu sou por dentro, não voltando NUNCA mais a ter o peso que tenho hoje e não mais correr os riscos que o corpo que tenho hoje, podem trazer para a minha saúde! Bingo! Com a ajuda dessas pessoas (psicólogas e amigos do grupo), eu vou alcançar meu objetivo! E o que são 25 semanas, comparados ao resto da vida saudável e VERDADEIRAMENTE apta para mudar completamente os hábitos que trouxeram até aqui?! Exatamente isso: NADA!

    O lance é tão sério para eles, que é definido os direitos e deveres, tanto dos profissionais envolvidos, quanto dos pacientes, em um contrato e o não cumprimento do compromisso assinado, pode te levar a ser excluído do programa, te levando a estaca zero! As sessões serão ministradas todas as quartas-feira às 19 h, durante o período de 25 semanas, e caso algum ou alguns pacientes não estejam aptos do ponto de vista psicológico, o mesmo será encaminhado para um novo grupo e assim sucessivamente até o paciente receber a liberação e partir para o real, pré operatório e ter seu nomezinho escrito no sagrado livro dos que passarão enfim pelas mãos do cirurgião!
 
    Nessa primeira sessão, basicamente nós nos apresentamos, dizendo nossos nomes, idades, de onde viemos e o porque estamos ali. Recebemos um cronograma por escrito sobre oque cada uma das sessões vai consistir. Discutimos as cláusulas do contrato, assinamos o contrato e nos pesamos (as pesagens serão feitas todas as semanas). A sessão tem duração média de duas horas.

   A cada sessão eu venho aqui dizer como foi e o em que consistiu.

   Comecei a minha primeira sessão com: 143,10 kg (atualizarei o peso, conforme as sessões acontecerem).


    Achei o grupo bem positivo, com pessoas interessantes, que quero me aproximar e saber mais sobre cada um deles a cada semana. As doutoras são ótimas e conduzem a sessão com muito bom humor, de maneira que as horas passam e nem nos damos conta.
  Poder estar em um lugar que tem pessoas que estão passando por coisas bem parecidas com minhas, que sofrem os mesmos preconceitos e têm as mesmas limitações, é animador e bem menos estressante do que ter que fazer uma terapia sozinha!
   A pesagem semanal de todo o grupo, nos incentiva a seguir a RA e as AF, porque eu não vou querer ser a única pessoa do grupo a ter engordado ao longo da semana, né?!rs.
   Poder ouvir a história de outras pessoas, nos dá força e nos uni em busca de um objetivo em comum, o que é magnífico! E ter pessoas torcendo por suas conquistas e te amparando a cada deslize, de verdade, NÃO TEM PREÇO! Saí de lá contando os dias para a próxima sessão, pois aí sim, os trabalhos começarão de verdade!rs.

Por hora é só!
Bejinhus meus...



Facebook: angelicapimenta@hotmail.com
Twitter: @angelicagastro

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Comentem Catitas! Adoro saber o que vocês estão achando das postagens! Um beijo!