Digital clock

segunda-feira, 1 de abril de 2013

Uma benção muito bem vinda!

Hello Catitas...

   Bom, antes de qualquer coisa, não estou aqui para fazer apologia  a nenhuma religião, ok?! Só estou aqui, única e exclusivamente para falar de mim, e das as coisas eu que a mim importam!rs. (antes que alguém venha me querer passar sermão) Não estou aqui para tentar "converter" ninguém, religião é pessoal e não se discute, então respeite a minha, porque eu respeito a de todos! (desculpa mas não tenho o menor saco pra esse lance de tentar "converter" as pessoas, como se só exixtisse uma religião verdadeira e se todo o resto não fosse Divino! Recado dado, agora vamos ao que interessa...rs.

    Hoje recebi, através de sonho, a benção que me faltava para eu me sentir totalmente segura na minha decisão e nas mudanças que ando fazendo em minha vida! Essa noite meus orixás apareceram pra mim em sonho e me deram um sinal mais que positivo, que me deu ainda mais força, pra seguir nessa longa jornada. O sonho foi assim:

 "Eu estava andando por um lugar bonito, seguindo rumo a uma ponte, acompanhada de uma mulher, que não conheço. Antes de chegar a ponte, eu tive que passar por uma espécie de corredor com muros altos, onde tinha um desenho lindo de Xangô em um dos lados do muro. Eu olhei a figura e sorri quando reconheci meu Pai ali. A mulher que estava comigo, passou na frente correndo em direção a ponte, me chamando pra ir com ela e, andar logo, só que eu antes de sair do corredor, ao passar pela frente da figura, eu gritei a plenos pulmões 'a benção meu Pai', e a mulher que estava comigo gritou de longe, 'você tá louca, tá falando com um muro?' e riu de mim, e nessa mesma hora a figura tomou vida e me olhou, sorriu e fez sinal de positivo e me acenou com a mão, dizendo pra eu seguir em frente. Na hora eu senti uma imensa alegria e saí chorando e sorrindo, correndo em direção a ponte. Quando cheguei na ponta da ponte, a mulher que estava comigo, já estava do outro lado me esperando e me gritando. Quando eu pus o pé na ponte, uma água azul, muito límpida e transparente, começou a subir e a subir, só que ao invés de ficar com medo, eu me senti feliz e fui caminhando sobre a ponte, quando a água alcançou meus pés, e foi subindo e subindo, até me envolver, e eu me senti tão bem e feliz, que saí deslizando pela água, virando em seguida, uma sereia. Enquanto eu curtia minha viagem, eu cantava alegre e sorria o tempo todo. Quando a água me levou até o outro lado da ponte, ela desceu ao nível normal e eu voltei a forma humana. Me despedi da água e agradeci pela carona. Do outro lado da ponte eu encontrei um terreiro, com alguns negros vestidos de branco e a mulher que me acompanhava."

Foto tirada por mim,  na prainha, Barra de Guaratiba - Rio de Janeiro.


    Acordei em seguida e fiquei uns instantes, relembrando o sonho em minha cabeça, e cheguei a conclusão, que o sonho tinha sido o sinal que eu havia pedido aos meus orixás, para saber se eu estava ou não no caminho certo, e se eu devia seguir em frente! 
   Sou filha de Xangô com Iemanjá, e ver Xangô sorrindo pra mim, me abençoando, me mandando seguir em frente, e ter Iemanjá, representada pela água e pela sereia, me carregando até o outro lado da ponte, me fez entender, que eu estou sim no caminho certo e que eles estão comigo em cada passo, e me acompanharão nessa minha transformação. 
    Eu me senti tão grata e feliz, que agora, até o "medinho" que eu estava de acontecer algo e eu vir a óbito no pós cirúrgico, já passou!
   Foi ainda mais significativo pra mim esse sonho, porque eu estou há muito tempo afastada do meu barracão e, as pessoas de lá me disseram, que por eu me afastar, minha vida afundaria. E, desde que eu decidi me afastar, eu tinha a certeza de que meus orixás me acompanhavam e me acompanhariam onde eu estivesse, que se algum dia eu fizesse algo de errado,eles me mostrariam o caminho certo. Desde que me afastei do barracão, muito pelo contrário, a cada sia eu me sentia mais próxima a eles e fui melhorando de vida e conquistando coisas boas atrás de coisas boas! 
    E agora, esse sonho, nessa fase tão decisiva da minha vida, só mostra que fé, não precisa ser nutrida entre as quatro paredes do seu templo, terreiro, barracão, igreja ou seja lá que outro tipo de construção sua religião utiliza para fazer reuniões de pessoas e pregar a sua fé. A fé, está no seu coração, nas suas atitudes e vai te acompanhar onde você for! E meus orixás estão na minha cabeça e no meu coração e vão me acompanhar onde eu for! Axé e, a benção meu Pai Xangô e minha Mãe Iemanjá! Obrigada pela paz que estou sentindo hoje e pela força que estou sentindo para seguir em frente!
***************************************************

   Depois desse sonho maravilhoso, fui fazer minha AF e estou indo bem nesse processo! Indo todos os dias religiosamente fazer minhas AF, sem enrolação e sem desculpas e a cada dia me sinto melhor, mais disposta e com vontade de fazer as coisas, sobretudo, as coisas para mim mesma e relacionadas a mim mesma!    

   Recomendo, com certeza, que você comece algum tipo de atividade física, mesmo antes da cirurgia, pois no primeiro dia você sentirá um pouco de dificuldade, afinal, o primeiro passo é o mais difícil, mas depois aos poucos você mesma sentirá vontade de ver onde você pode chegar e até onde você pode ir.

   Só de pensar que estrou há anos trancada dentro de casa, deixando de aproveitar a vida, deixando de curtir o calor do sol e a energia boa que ele transmite, de ver outras pessoas, de admirar as paisagens, de respirar as puro, de sentir o vento batendo no rosto... meu Deus, quanto tempo perdido! Que boba que eu fui! Mas graças a Deus e aos meus orixás, eu estou conseguindo mudar essa realidade, um dia de cada vez!

Por hora só!
Bejinhus meus...



Facebook: angelicaapimenta@hotmail.com
Twitter: @angelicagastro

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Comentem Catitas! Adoro saber o que vocês estão achando das postagens! Um beijo!